Eventos, Institucional

Adega Ponte da Barca pelo Mundo: reforço na estratégia privilegia presença em mercados e feiras internacionais

Têm sido tempos de ouro para a nossa adega. E este ano ainda agora começou… Depois de um grande lançamento que chegou acompanhado de uma nova imagem e de uma celebração única, chega a altura de rumar até às mais relevantes feiras internacionais, nas quais não podemos nunca descurar a nossa presença. Esta é uma oportunidade que nos permite usufruir de um contacto mais directo com todos os intervenientes da actividade vinícola lá fora, promover a imagem nacional como referência e também tomar medidas para ir além das fronteiras e conquistar novos mercados para aumentar o volume de exportação.

Os resultados têm sido mais do que excelentes, pois foi com muito orgulho que constatámos, no ano findo, os efeitos vantajosos da presença cada vez maior da marca Adega Ponte da Barca no estrangeiro. Atingimos valores extraordinários, com 45% da produção destinada à exportação um pouco por todo o Mundo. Presentes em 32 mercados internacionais, somámos no total de facturação 4,5 milhões de euros, valor este representativo de um crescimento a dois dígitos nos últimos 6 anos.

Com o objectivo concreto de aumentar a visibilidade do sector, no geral, e das actividades e produtos da adega, o investimento em eventos da área com uma dimensão significativa tem sido o nosso principal foco nos últimos anos. Hoje, a Adega Ponte da Barca afirma-se em dezenas de países e tem merecido amplos elogios da crítica especializada e dos consumidores, materializados em inúmeros prémios obtidos desde o Japão, à Rússia, passando pela Alemanha, Brasil e Estados Unidos, entre outros.

Além de apostados em sedimentar a adega como uma das principais produtoras da Região dos Vinhos Verdes, não nos esquecemos do que está para lá das nossas terras e do nosso país. Esta sede de crescimento incorpora, sobretudo, a vontade em alcançar uma posição de topo também no mercado externo, aumentando, para isso, os negócios de exportação para mercados de grande potencial que procuram os Vinhos Verdes pelas suas características únicas no panorama mundial dos vinhos. Foi graças a essa mesma vontade que já entrámos em novos mercados, como é o caso do México, do Perú, do Vietname, das Filipinas e de Hong Kong.

Por outro lado, o Enoturismo. Esta é uma actividade que nos abre outras portas e nos possibilita ir mais longe. A promoção da nossa vitivinicultura, do vinho, das vinhas, da nossa gastronomia, da nossa cultura, das nossas mais intrínsecas tradições e, acima de tudo, daquela que é uma das melhores características do nosso país – a sua beleza natural –, é crucial no desenvolvimento do interior. Ao longo destes anos temos conseguido promover o território vitivinícola português, no país e além-fronteiras, e fazer dos concelhos que a integram, embaixadores de tão grande riqueza. Arcos de Valdevez, o coração da região dos vinhos verdes, teve presente ao longo da sua história, a economia do vinho, sendo que este é hoje um dos pilares do desenvolvimento económico desta mesma região. Há que continuar a desenvolver este sector e a promover o que de melhor sabemos fazer, para que lá fora possam também conhecer um pouco destas maravilhas nacionais. 

Participação feiras e eventos internacionais

E porque tudo isto só se consegue com muito trabalho, entusiasmo e disponibilidade, temos centrado os nossos esforços, nas últimas semanas, em estar presencialmente em feiras de grande alcance económico, de desenvolvimento comercial e crescente valorização.

Para o pontapé de saída desta época recheada de eventos imperdíveis, tivemos presentes na GRANDE PROVA DE VINHOS PORTUGUESES, em S. Petersburgo, a 7 de Fevereiro. Participantes pela quarta vez desta que é uma das principais provas de vinhos portugueses na Rússia, fizemo-nos acompanhar da Confederação de Agricultores de Portugal (CAP), organizadora, e de uma comitiva de outros 16 produtores. A Rússia representa o mercado com maior crescimento da adega e o nosso 3.º destino de exportação até ao final do ano. Por lá apareceram cerca de 600 visitantes e 350 especialistas russos. Além de ser uma experiência extremamente interessante para angariação de novos clientes e importadores, a nossa participação permitiu-nos colocar os nossos vinhos de categoria premium neste mercado competitivo que possui alguns canais de luxo muito relevantes. A Rússia é um mercado com uma excelente aceitação para os vinhos verdes, apesar do clima frio, pelas suas harmonizações perfeitas com a gastronomia local.

A começar no dia anterior, porém a terminar no passado dia 10 de Fevereiro, ocorreu ainda a FEIRA XANTAR – Salão Internacional de Turismo Gastronómico, em Ourense. Esta é a principal feira de vinhos, gastronomia e turismo da Galiza e o único evento Internacional de Turismo Gastronómico acreditado na Península Ibérica. Nela já participamos há vários anos, em parceria com a Câmara Municipal de Ponte da Barca. Durante estes dias, executámos uma prova educativa exclusiva e degustações ao público. A Galiza é um mercado muito importante pela vertente do Enoturismo, por isso, marcar presença neste evento pode ser um passo significativo para o aumento da notoriedade dos nossos vinhos através da promoção do produto enoturístico do Concelho de Ponte da Barca, atraindo visitantes ao território.

Como não paramos, foi a vez de arrumar as malas para ir até Moscovo à PRODEXPO – Exposição Internacional de Alimentos, Bebidas e Matérias-Primas Alimentares, a maior feira especializada anual na Rússia e Europa Oriental, onde estamos desde dia 11 de Fevereiro e até dia 15.  Aqui, mais uma vez participantes pela quarta vez, chegámos acompanhados pela comitiva portuguesa da CAP, responsável pela organização do evento, que integra 16 produtores e 37 empresas portuguesas do sector agro-alimentar e bebidas. São esperadas pelo menos 62 mil pessoas para visitar 2400 expositores. Neste caso, a participação da adega prende-se na necessidade de encontrar novos clientes, de reunir com os actuais e de colocar, novamente, os novos vinhos premium neste competitivo e promissor mercado para os vinhos verdes.

Chega, logo depois, a PROVA ANUAL DE LONDRES, a 20 de Fevereiro. Esta que é a maior prova de vinhos portugueses no estrangeiro e à qual já comparecemos há 5 anos. A organização fica a cargo da ViniPortugal que nos acompanha em conjunto com 85 produtores. São esperados 600 visitantes. O Reino Unido representa o mais competitivo e mais “maduro” mercado mundial de vinhos, que funciona como uma espécie de “montra” mundial. Um motivo forte que desperta a vontade de aproveitar a oportunidade para procurar novos negócios e aumentar a notoriedade da marca. Temos, actualmente, dois parceiros no mercado e um deles vai também comparecer no evento: a importadora Marta Vine (página no Facebook aqui).  É também em Londres que vamos apresentar pela primeira vez, no mercado do Reino Unido, o novo Adega Ponte da Barca Loureiro – Reserva de Sócios (2017).

Para encerrar um mês preenchido, uma participação já recorrente (há mais de 10 anos): a SISAB – Salão Internacional do Sector Alimentar e Bebidas, a maior plataforma portuguesa de negócios para o sector de alimentos e bebidas. Acontece anualmente em Portugal e reúne cerca de 500 empresas, 28 sectores, 50 expositores, visitantes de mais de 130 países e cerca de 1700 compradores. Uma oportunidade de ouro como ponto de encontro com alguns clientes de todo o mundo e também para encontrar novos parceiros de negócio. E, uma vez que a exportação é uma prioridade para a nossa adega, a participação no SISAB revela-se um importante momento estratégico. Entre 23 e 25 de Fevereiro temos encontro marcado no Stand 825-L5? Esperamos por si!

Por fim, a PROWEIN – Feira Internacional de Vinhos e Bebidas Espirituosas, Enologia, Fabrico e Armazenamento, na qual também já somos participantes há mais de 10 anos integrados na comitiva portuguesa da Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes, vai ter lugar durante três dias (17-19 Março). Este trata-se de um evento anual único onde são exibidos vinhos e bebidas alcoólicas em Duseldorf, na Alemanha, e onde se reúnem produtores da Alemanha, da Europa no geral e de todas as regiões produtoras de vinhos. Por lá, os destiladores têm a oportunidade de apresentar as suas bebidas de maior qualidade, tanto produtos mais tradicionais como outros vinhos e tipos de bebidas. Participam 295 regiões pertencentes a 60 países diferentes, divididos por 6 mil expositores. São esperados mais de 60 mil visitantes nesta que é considerada a principal feira de comércio de vinhos no Mundo e um dos mais importantes, senão o mais importante, ponto de encontro com clientes. Fazemos, por esse motivo, questão de estar presentes pessoalmente neste evento estratégico, uma circunstância privilegiada e fulcral para encontrar novos parceiros de negócio de mercados longínquos e impulsionar as vendas, um dos grandes focos da nossa actividade nos dias de hoje. Será, além disso, uma óptima oportunidade para apresentar o mais recente produto comemorativo dos nossos 50 anos, o Reserva de Sócios Loureiro. Vamos estar no Pavilhão 10, Stand 10D14, por isso venha ter connosco!

Caso tenha oportunidade de presenciar alguns destes momentos, venha conhecer-nos pessoalmente. Aguardamos a sua visita! Será um prazer poder partilhar consigo as novidades, os nossos prémios, os projectos futuros e, claro, um bom copo de vinho. Apareça ou contacte-nos através do e-mail geral@adegapontedabarca.pt ou do telefone 258 480 220.

Related Posts

Deixe uma resposta